Publicado por: Amália Sousa | Setembro 13, 2008

Glicerina sabão e… Guerra

Da reacção que ocorre entre uma gordura e o hidróxido de sódio(NaOH) ou o hidróxido de potássio(KOH),  obtem-se sabão e, como subproduto a glicerina.

Nos processos industriais de produção de sabão, a glicerina é posteriormente separada do sabão.

Esta separação é feita através de uma lavagem efectuada com uma solução de cloreto de sódio (NaCl) que é adicionada à mistura de sabão com glicerina. A glicerina dissolve-se na água salgada, e como o sabão é menos denso, acaba por separar-se ficando a flutuar na mistura.

A glicerina, ou glicerol(Propano,1,2,3 triol) é um trialcool que também se obtém como subproduto da produção de biodiesel.

Até 1949, toda a produçao de glicerina provinha do fabrico de sabão.

Por reacção de nitração da glicerina, obtém-se a trinitroglicerina também chamada piroglicerina.

A trinitroglicerina é um composto explosivo que foi largamente utilizado na II Guerra Mundial, este facto fez com que os industriais de sabão prosperassem durante esse período.

Uma curiosidade é este Banco que se mostra na foto:

Parece que, em plena II Guerra Mundial, as fábricas de Trinitroglicerina nos EUA, não possuíam sistemas automatizados.

Uma das fases cruciais do processo de fabricação dependia exclusivamente da  atenção dos operários encarregues de manter a temperatura da mistura perigosa entre limites bem definidos.

Este intervalo de temperatura teria de ser observado  num termómetro na parede e conseguido através de uma válvula que regulava o fluxo de água fria dentro da camisa externa da cuba…

Se arrefecesse demais a mistura estragava-se…Se aquecesse demais…EXPLODIA.

Como os turnos eram longos, manter os operários em pé na atividade monótona de olhar para o termómetro e abrir e fechar a válvula, era exaustivo…

Deixa-los simplesmente sentar  numa cadeira ou num banco comum, era um convite ao sono e com quase certos resultados catastróficos.

Solução…

Um banco de uma perna só…

O operário ficava mais ou menos numa posição confortável durante o turno.

Se dormisse…Caía no chão e teria de acordar. 

 


Responses

  1. […] Um dia destes vou contar mais algumas coisas interessantes sobre a Glicerina, mas hoje apetece-me contar um […]

  2. […] Até 1949 toda a glicerina era obtida como subproduto da indústria de sabão, actualmente  também se obtém como subproduto da produção de biodiesel e subproduto da fabricação de propileno (glicerol sintético). […]


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: